Conheça 7 relatórios essenciais para a sua empresa – Saffi Consultoria
Saffi Consultoria Empresarial - Especialistas em resultado
background

Solicite aqui o contato de um de nossos consultores

Conheça 7 relatórios essenciais para a sua empresa

A falta de planejamento é um dos principais fatores que contribui para o fechamento de uma empresa no Brasil, conforme mostra uma pesquisa realizada pelo Sebrae em 2016. Sendo assim, é intuitivo concluir que um empresário precisa se preparar bastante, tanto antes como depois de abrir seu primeiro empreendimento, para conseguir se destacar no mercado. E é exatamente nesse contexto que entram os relatórios gerenciais.

Esses documentos, recheados de dados referentes ao negócio, são ferramentas essenciais para planejar e tomar decisões que visem aumentar os lucros no fim do mês — e não o contrário! Os relatórios gerenciais permitem que os gestores enxerguem os processos internos e externos de uma forma mais clara e concisa. Ou seja, são indicadores reais que permitem traçar um planejamento para atingir os objetivos da empresa.

Nesse sentido, no post de hoje, elaboramos uma lista com os 7 relatórios principais de um empreendimento bem-sucedido. Vamos conferir?

1. Financeiro

Ter um bom controle da gestão financeira de uma empresa a partir de dados precisos faz toda a diferença na hora de tomar decisões importantes, que podem afetar o futuro do empreendimento. Quer aumentar o tamanho da sua loja? Ótimo! Mas, antes, é preciso verificar se o seu negócio realmente possui verba disponível, o que só pode ser feito com exatidão a partir de um relatório financeiro.

Os relatórios financeiros envolvem tudo o que gira em torno do dinheiro da empresa (contas a pagar, investimentos, despesas, contas a receber, fluxo de caixa, etc.), por isso, são os mais utilizados pelos gestores.

Vale ressaltar que esse tipo de documento é extremamente necessário para acompanhar a entrada de dinheiro no negócio e, consequentemente, saber qual setor está proporcionando mais lucros à empresa.

2. Satisfação

O relatório de satisfação é algo crucial para descobrir o que você está fazendo certo ou o que ainda precisa ser melhorado no seu empreendimento. E não somente em relação aos clientes, mas, também, aos colaboradores.

No primeiro caso, é até fácil enxergar, não é mesmo? Afinal, o sucesso de um negócio depende diretamente do cliente. Os produtos e os serviços prestados são destinados a ele, portanto, seu contentamento com a empresa é primordial. Dessa forma, a dica aqui é fazer relatórios práticos que foquem na pesquisa de opinião dos clientes.

Com os colaboradores, é preciso se aproximar para colher informações sobre o nível de satisfação no que diz respeito às funções, às práticas da empresa, aos benefícios, entre outros. E, para eles, também é possível desenvolver relatórios específicos, de acordo com a necessidade da empresa. Afinal, os colaboradores precisam estar contentes com as condições e o ambiente de trabalho, para que deem o seu máximo durante o expediente e, consequentemente, tragam mais lucros para o negócio.

3. Controle interno

Mesmo que não esteja ligado diretamente ao desempenho da empresa e dos funcionários, o relatório de controle interno é um documento fundamental. Nele, são anotadas informações sobre documentos fiscais, de estoque, desperdícios de insumos e até mesmo acerca do cumprimento das metas, a fim de ter um acompanhamento mais claro de todos os processos internos.

4. Crescimento

O relatório de crescimento é responsável por mostrar qual foi o avanço dos diversos setores da empresa, a partir de um comparativo anual ou mensal. Nele, são analisados o número de vendas, o aumento do faturamento, a quantidade de clientes, o patrimônio empresarial, entre outros.

Vale destacar que esse documento também é muito utilizado para fazer estimativas de crescimento e, dessa maneira, criar metas — de curto, médio e longo prazo —, para que os funcionários consigam alcançá-las.

5. Análise de mercado

Esse documento tem o papel de mostrar tudo o que gira em torno do seu segmento — público-alvo, concorrentes, produtos em alta, etc.

Com um relatório de mercado forte e, principalmente, bem detalhado, é possível elaborar estratégias mais eficientes para promover os produtos/serviços para seus clientes, já que você vai aumentar o seu conhecimento sobre quem é o seu público e o que ele realmente está interessado em consumir.

Pense por um momento: quem você teria mais facilidade de presentear e, acima de tudo, agradar? Um novo colega de trabalho com o qual você nunca conversou ou um amigo que tem contato diário com você? Lógico que este é muito mais simples — querendo ou não, você teve muito mais chances de analisar seus gostos e suas necessidades!

6. Demonstração do Resultado do Exercício – DRE

O DRE trata-se de um relatório um pouco mais aprofundado, pois resume as operações financeiras de uma empresa em um determinado período de tempo, a fim de deixar claro se ela obteve lucro ou prejuízo com suas atividades.

De forma mais técnica, é um demonstrativo contábil que tem o objetivo de levantar o resultado líquido do exercício por meio de uma comparação entre receitas, custos e despesas gerais. Esse método é, geralmente, utilizado para levantar resultados do ano inteiro, mas pode ser elaborado conforme o período de competência desejado.

O processo é feito de forma gerencial, com quadros e projeções de crescimento, custos, entre outros dados, além de apresentar tributariamente impostos e outras taxas recolhidas durante o ano fiscal da empresa.

7. Venda

É claro que ela não ficaria de fora! Afinal, as vendas fazem parte do objetivo de qualquer negócio, mesmo que indiretamente. Logo, é imprescindível elaborar um relatório (que deve ser utilizado tanto pelos gestores quanto pelos vendedores) para recolher informações referentes ao número de vendas, ticket médio, receita total, etc.

A análise desse documento permitirá que sejam identificadas falhas no processo de vendas, as quais podem estar impedindo o aumento dos lucros. Além disso, o relatório também é uma forma de avaliar o desempenho dos vendedores.

Agora que você já sabe quais são os 7 relatórios essenciais de uma empresa, pode começar a aplicá-los na sua rotina profissional!

Tenha sempre em mente que, principalmente nos dias de hoje, dados representam muito mais do que opiniões. Portanto, é importante criar o hábito diário de colhê-los e analisá-los em relatórios gerenciais, para que o seu negócio alcance os resultados esperados e, futuramente, torne-se referência no mercado!

Gostou de aprender quais são os 7 relatórios essenciais de um negócio? Utiliza algum em sua empresa? Então, deixe um comentário abaixo contando sobre a sua experiência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha o cadastro para entrarmos em contato!

background

Solicite aqui o contato de um de nossos consultores

WhatsApp chat
background

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das Novidades

© Todos os direitos reservados.