Saiba quando escolher entre uma franquia ou negócio próprio e qual deles se encaixa melhor no seu perfil profissional.


Na hora de empreender, muitos profissionais ficam em dúvida sobre abrir uma franquia ou negócio próprio. É claro que as duas modalidades apresentam vantagens e desvantagens, e tudo vai depender do perfil profissional e do objetivo que se deseja alcançar.

Na área de consultoria empresarial, por exemplo, muitas vezes o consultor precisa se adaptar a toda burocracia que envolve a abertura de uma empresa própria. Nesse sentido, contar com a parceria de uma rede estruturada pode apresentar vantagens.

Contudo, para saber de fato qual a melhor escolha para começar um novo empreendimento, o primeiro passo é conhecer cada modelo antes de tomar uma decisão. Afinal, ambos os caminhos podem trazer resultados satisfatórios. 

O trajeto é que tende a ser mais ou menos facilitado em cada um deles – seja franquia ou negócio próprio.

E para que você comece a refletir sobre essa escolha, convidamos a responder três questões essenciais:

  1. Meu conhecimento na área em questão é suficiente para iniciar um negócio ou é preciso um reforço especializado?
  2. Lido bem com uma cultura colaborativa ou prefiro organizar tudo do meu jeito e de acordo com minhas preferências?
  3. Tenho condições de estruturar todo o negócio sozinho ou prefiro contar com uma estrutura já organizada que me dê suporte?

Com base nas respostas, já será possível ter uma ideia mais clara se é a franquia ou o negócio próprio que mais se encaixa no seu perfil e nos seus objetivos como empreendedor.

Principais diferenças entre franquia e negócio próprio

A principal diferença entre os dois modelos de negócio está na estrutura de base. 

Enquanto ao abrir um negócio próprio você precisará pensar em tudo sozinho – pesquisas de mercado, estratégias de marketing, tarefas administrativas, branding etc –, na franquia, a marca franqueada entrega toda essa base pronta, cabendo ao franqueado somente executar as tarefas diárias de venda ou prestação do serviço.

Desse modo, fazer parceria com uma marca estabelece o papel de cada integrante de forma clara e objetiva. A partir do alinhamento das expectativas e valores do negócio, ambos se tornam uma peça única no desenvolvimento do trabalho. 

Contudo, para ser um franqueado de sucesso, é preciso estabelecer uma relação de confiança, pois você se tornará um representante oficial da marca e terá a responsabilidade de manter o padrão elevado de trabalho.

Leia também: Conheça as características dos 6 tipos de consultoria empresarial

Veja a seguir algumas diferenças entre as modalidades:

Franquia

  • o negócio contará com a oferta de serviços ou produtos já testados, desenvolvidos e com aceitação no mercado;
  • o empreendedor conta com uma consultoria para implementação de local físico ou área de atuação;
  • uma consultoria empresarial por franquia já é testada e possui resultados no mercado;
  • fornece plano de marketing, fornecedores, público-alvo e análise de concorrência

Negócio Próprio

  • exige que se faça um bom networking para desenvolver e implantar produtos ou serviços no mercado;
  • requer um tempo até que se conquiste a aceitação do público;
  • pode haver necessidade de contratação de uma consultoria externa;
  • exige que se faça pesquisa e testes de localização;
  • é preciso fazer uma pesquisa independente de mercado, para comprar outras marcas que já possuem aceitação;
  • o empresário assume a responsabilidade total na relação com fornecedores e no caso de problemas jurídicos.

Risco potencial

Seja na franquia ou negócio próprio, os riscos sempre existirão. O crescimento de negócios através de franquias é exponencial, mostrando que esse modelo pode ser mais vantajoso em alguns pontos.

Abrir uma franquia ou negócio próprio? Veja os prós e contras de cada modalidade

Para você que está buscando uma nova forma de trabalho, mas tem dúvidas entre abrir uma franquia ou negócio próprio, separamos as vantagens e desvantagens de cada um, para auxiliar na sua tomada de decisão. Confira:

Vantagens da franquia

  • o franqueado conta com todo o suporte da marca, reduzindo a burocracia e os problemas iniciais que qualquer negócio demanda;
  • maior segurança para o empreendedor, uma vez que a marca já reconhecida possui valor agregado e fácil aceitação do mercado;
  • o negócio já começa com a base de investimentos em divulgação, a partir de um plano estratégico de marketing da própria franquia;
  • é possível economizar com as compras e investimentos iniciais, que são feitos em conjunto;
  • as franquias permitem um faturamento inicial mais rápido.

Leia também: O que é ser um consultor empresarial e quais os benefícios

Desvantagens da franquia

  • não é possível fazer modificações na estratégia do negócio nem no produto ou serviço;
  • o modelo de franquia exige o pagamento de parte do lucro ao franqueador;
  • é preciso seguir o contrato à risca, o que demanda ao empreendedor o cumprimento de regras e pouca liberdade de atuação.

Vantagens do negócio próprio

  • o empreendedor possui maior autonomia para desenvolver um negócio com as características que mais lhe convém;
  • é possível criar e inovar com maior liberdade;
  • o negócio próprio permite mais flexibilidade de atuação e expansão;
  • é possível ajustar o negócio conforme o perfil do público e as mudanças do mercado;
  • não é preciso dividir parte do lucro.

Desvantagens do negócio próprio

  • a falta de experiência pode dificultar a abertura do negócio;
  • todo o estudo de mercado e o desenvolvimento do plano estratégico ficam por conta do empreendedor;
  • a abertura de um negócio independente gera gastos maiores e leva mais tempo até que comece a gerar lucros; 
  • as dificuldades para se posicionar e alcançar espaço num mercado competitivo são maiores.

Por que escolher o modelo de franquia para consultoria empresarial?

Para executivos que pretendem iniciar um trabalho independente de consultoria empresarial, aderir ao modelo de franquia apresenta uma série de vantagens. Especialmente por conta de todo suporte comercial, técnico e da estrutura elaborada para dar os primeiros passos.o desenvolvimento das atividades.

Nesse caso, o empreendedor só precisa usar sua expertise para vender e entregar as soluções que o cliente precisa, sem se preocupar com mais nada!

Se você gostou desse conteúdo, assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da Saffi Consultoria!

Ebook da Saffi

Categorias: Consultoria

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *