Sistema de Gestão Integrada

Olhando o dia a dia das empresas nota-se que toda a evolução da sociedade no sentido da percepção da qualidade como algo mais amplo do que o atendimento às especificações ou a simples adequação ao uso, é tratada como uma ameaça ao negócio. E a estratégia frente a essa novidade tem sido cortes de orçamento e redução de custos feitos atabalhoadamente, sem critérios cientificamente fundamentados que geram péssimas consequências no futuro das empresas. Afinal, crises passam, mas valores permanecem.

Em contraponto a esta postura é preciso entender a verdadeira amplitude da qualidade e perceber que as novas exigências do mercado, relativamente às questões ambientais, ocupacionais e sociais, são decorrentes da evolução da consciência social e, portanto, representam oportunidades de diferenciação do seu produto e não, propriamente, ameaças.

Sendo assim, devemos adequar nossos processos para cumprir esta qualidade em sentido mais amplo que compreende as seguintes dimensões:

  • Qualidade intrínseca;
  • Custo;
  • Atendimento;
  • Saúde e Segurança;
  • Meio Ambiente.

O conceito de Gestão Integrada reconhece que as questões de segurança, ambientais e sociais são cada vez mais parte do contexto da qualidade. Afinal, acidentes, poluição e questões sociais constituem resultados indesejados da organização, decorrentes da ineficiência dos seus processos de suporte e operacionais, acarretando em aumento de custos e perdas de mercado.

Na prática, os elementos de um Sistema de Gestão Integrada – SGI, estão alinhados aos elementos das Normas ISO 9000, ISO 14001, OHSAS 18001, SA 8000 e, mais recentemente, aos elementos da ISO 20121 de Sustentabilidade de Eventos (focada em empresas de Promoção de Eventos). A implantação do SGI é fundamental para o aumento da competitividade da organização, entretanto a certificação nas normas citadas é uma opção do empresário, lembrando, porém, que os certificados projetam uma imagem bastante favorável da empresa junto à sociedade e ao mercado.

Disponibilizamos a figura seguinte para exemplificar um modelo de SGI com todas as fases da gestão e seus elementos componentes.

Entendemos que a adoção de um SGI consiste em mudança profunda da organização que muitas vezes é cercada de extrema resistência. Pensando nisso, e para fechar esta breve descrição, colocamos para reflexão o seguinte texto de Bill Weiss, ex-presidente do conselho e principal executivo da Ameritech, retirado do livro O Motor da Liderança de Noel M. Tichy & Eli Cohen:

A melhor maneira que conheço de fazer com que as pessoas aceitem a necessidade de mudança é não lhes dar escolha. A organização tem de saber que existe um líder no topo que já está com a cabeça feita, que ele está cercado de líderes que também já estão com a cabeça feita, e que vão em frente, “não importa o resto”.

como podemos ajudar sua empresa?

Entre em contato com a Saffi através do escritório mais próximo de você ou envie uma mensagem.

Agende uma visita com um de nossos Consultores Especialistas